Carta De Correção No Protheus: Como Transmitir E Imprimir
Mulher no computador representando o post sobre carta de correção no Protheus
Publicado em

novembro, 2023

Escrito por

Arquivei

Carta De Correção No Protheus: Como Transmitir E Imprimir

Veja passo a passo como transmitir carta de correção no Protheus para a SEFAZ, e como imprimir o documento em PDF.

Compras E Estoque



ERPs

Funcionalidades Arquivei

Integrações

Nota Fiscal

Protheus

TOTVs

/*********Alteração para deixar a imagem dinamica*************************/ /**********************************/

Existem muitas dúvidas sobre como transmitir uma carta de correção no Protheus entre os usuários deste sistema. A própria fabricante possui alguns tutoriais, mas às vezes é difícil encontrar todas as informações em meio a tantas dúvidas da Central de Atendimento.

Para responder essa e outras dúvidas acerca da CC-e, e facilitar as tarefas fiscais neste ERP, preparamos este guia com informações completas sobre:

  • O que é uma CC-e e o que pode ser corrigido na NF-e através dela;
  • Como transmitir a carta de correção eletrônica no ERP Protheus;
  • Como imprimir a CC-e em PDF no Protheus para envio através de e-mail;
  • Como consultar cartas de correção de NF-es que são emitidas contra o CNPJ da sua empresa.

Confira!

O que é uma carta de correção eletrônica?

A carta de correção eletrônica (CC-e) é um evento utilizado para corrigir ou completar informações de uma nota fiscal. Deste modo, ela simplifica a correção de dados de uma NF-e com facilidade e transparência.

Cada nota fiscal pode ter até 20 cartas de correção atreladas, no entanto, apenas a mais recente é válida. Portanto, caso seja necessário emitir mais de uma CC-e, é preciso replicar as informações já citadas e completar com as faltantes.

As correções devem ser feitas de forma textual, em um campo específico para isso, e deve incluir informações como:

  • Chave de acesso e número da nota fiscal a ser corrigida;
  • Detalhamento da correção (exemplo: altera-se o peso total de x para y”);
  • Data de emissão da carta de correção;
  • Dados e assinatura digital do emitente.

Porém, esse evento não é válido para todos os casos, e há situações onde realmente é necessário cancelar a NF-e e fazer uma nova emissão.

O que pode ser alterado através da CCe?

A carta de correção eletrônica é aplicável em situações específicas, onde é necessário corrigir informações como:

  • código fiscal de operações e prestações (CFOP), desde que não altere a natureza dos impostos já calculados;
  • natureza da operação;
  • descrição do produto;
  • pesos (bruto e líquido);
  • volume, espécie e acondicionamento;
  • nome e dados cadastrais do transportador;
  • razão social do destinatário;
  • dados adicionais — como, por exemplo, pedido do cliente, transportadora para redespacho ou nome do vendedor.

Em termos gerais, a CC-e é adequada para corrigir equívocos em campos específicos da nota fiscal, desde que esses não envolvam dados que impactam no cálculo do valor dos impostos, conforme o § 1º-A do artigo 7º do Convênio Sinief s/nº de 1970:

“§ 1º-A É permitida a utilização da carta de correção para retificar erros na emissão de documentos fiscais, exceto nos casos em que o erro esteja relacionado a:

I – as variáveis que influenciam o valor do imposto, como base de cálculo, alíquota, diferença de preço, quantidade e valor da operação ou prestação;

II – correções nos dados cadastrais que impliquem em alterações do remetente ou destinatário;

III – a data de emissão ou de saída.”

Como transmitir carta de correção no Protheus?

Para transmitir a carta de correção no Protheus para a SEFAZ é preciso acessar o módulo “Faturamento”, conforme o passo a passo:

  1. No menu lateral selecione “Atualizações ➜ Nf-e e Nfs-e ➜ Nf-e Sefaz”;
  2. Será aberta a tela de transmissão, onde você deve selecionar a opção “3-CCe” e clicar em “Ok”;
  3. A seguir será mostrada a tela “tipo de NFe”. Informe se a nota é de entrada ou saída, digite a série da nota fiscal e clique em “Ok”;
  4. Você será direcionado para a rotina “Monitoramento da CCe-SEFAZ”;
  5. Clique na nota fiscal que precisa de correção, e no menu superior selecione “Outras ações ➜ Transmissão”;
  6. Na tela do assistente de transmissão da carta de correção eletrônica, digite em formato de texto a correção a ser considerada, seguindo as especificações:
    1. não pode ser copiado e colado;
    2. não pode ter acento e nem caracteres especiais;
    3. deve ter entre 15 até 1000 caracteres.
  7. Selecione “Avançar” para concluir a transmissão da CCe no Protheus.

Após fazer a transmissão, é necessário confirmar se o evento foi enviado para a SEFAZ. Para isso, na tela “Monitoramento da CCe-SEFAZ” selecione a nota fiscal que tem a carta de correção transmitida, e no menu superior selecione “Outras ações ➜ Monitor”.

Na tela de monitoramento da CC-e também é possível realizar outros eventos, como por exemplo, exportar o XML da carta de correção eletrônica.

É importante estar atento ao ambiente Protheus, pois esse passo a passo funciona apenas em:

  • Cross Segmentos – Backoffice Protheus – Doc. Eletrônicos – NFe – a partir da versão 12.1.27
  • Cross Segmentos – TSS – a partir da versão 12

Fonte: Central de Atendimento TOTVS.

Como imprimir a carta de correção no Protheus?

Através do Protheus, é possível imprimir a carta de correção eletrônica que foi transmitida para a SEFAZ, ao enviar o PDF gerado via e-mail. Para isso, deve ser utilizado o TSSMANAGER, sendo que o primeiro passo é configurar o parâmetro nessa rotina:

  1. Dentro da rotina TSSMANAGER, vá em “Configurações ➜ Entidades”;
  2. Selecione a entidade desejada e clique em “Outras Ações ➜ Configurar”;
  3. Na pasta “Fiscal ➜ NF-e”, acesse a aba de eventos no menu superior, e altere o valor do campo “Carta de correção em PDF” para “Habilitado”;
  4. Clique em “Confirmar” para salvar o parâmetro alterado.

Para enviar a carta de correção em PDF via e-mail, siga o passo a passo:

  1. Dentro da rotina TSSMONITOR, acesse “Eventos ➜ NF-e”;
  2. Na caixa “Parâmetros” que abrirá, configure o filtro de acordo com a carta de correção que deseja encontrar e confirme;
  3. Selecione o documento fiscal e clique em “Outras Ações ➜ Enviar E-mail”.

A partir disso, basta preencher os e-mails dos destinatários, e você terá a opção de anexar a CC-e em PDF.

Fonte: Central de Atendimento TOTVS.

Como acessar CC-e de notas fiscais recebidas dentro do Protheus

Conforme mencionado, é possível transmitir a carta de correção para a SEFAZ referente às notas fiscais emitidas por sua empresa. Mas você sabia que também pode consultar e controlar os XMLs de CC-e das notas fiscais recebidas?

Por meio da plataforma da Arquivei, é possível receber automaticamente as cartas de correção eletrônicas emitidas por seus fornecedores sobre as notas fiscais que você recebe, sendo todas importadas automaticamente no Protheus.

Com essa solução, todas as informações ficam acessíveis em tela, no módulo escolhido por sua empresa (recomendamos, por padrão, o módulo de Compras). Basta um clique para visualizar todas as notas fiscais emitidas contra a sua empresa, acompanhadas de suas respectivas cartas de correção. 

Além disso, você pode realizar o lançamento de pré-nota ou documento classificado em segundos, com validações de segurança e todas as informações dos XMLs pré-preenchidas de forma automática pelo Monitor DFe.

➜ Leia também: Como facilitar a entrada de XMLs no Protheus da TOTVS?

Conclusão

Neste conteúdo você viu passo a passo como transmitir uma carta de correção eletrônica na SEFAZ usando o ERP Protheus, e também como imprimir esse documento em PDF para enviar por e-mail.

Também mostramos para você sobre como é possível acessar CC-e emitidas contra a sua empresa direto no Protheus, com facilidade e segurança, através da plataforma da Arquivei.Aproveite a visita ao blog e entenda mais sobre a importação de XML com o Monitor DFe, a solução completa para gestão de documentos fiscais eletrônicos dentro dos ERPs da TOTVS.

Pular para a barra de ferramentas