Invalidação: o SQL que não rendeu oportunidade - Arquivei
Publicado em

janeiro, 2019

Escrito por

Equipe Arquivei

Invalidação: o SQL que não rendeu oportunidade

A invalidação é um processo que pode ou não ter relação direta com a qualificação do lead, entenda melhor nesse artigo!

Vendas
/*********Alteração para deixar a imagem dinamica*************************/ /**********************************/

SQL (Sales Qualified Lead), é um lead que já passou pelo processo de qualificação e por isso, uma possível oportunidade de fechamento para um consultor de vendas.

É importante entender o processo de qualificação e, no fim deste processo, temos um SQL. Veja abaixo como lidar quando o SQL não vira uma oportunidade de vendas.

Nem todo SQL vira uma oportunidade de vendas

Não podemos confundir SQL com oportunidade. Como dito acima, o SQL refere-se ao lead que foi identificado como possível oportunidade e o segundo é a oportunidade em si, o que conseguimos trabalhar no processo de vendas.

Nem tudo são flores! Existem casos em que os SQLs não são oportunidades de venda para a empresa, o que nos leva ao assunto deste texto: invalidação, temida pelos SDR’s (Sales Development Representative ou Representantes de Desenvolvimento de Vendas).

O que precisamos ter em mente é que o processo de vendas é extenso, no sentido de que se tem muitas etapas e no mínimo três pessoas envolvida: o SDR, o cliente e o Representante de Inside Sales (Vendas Internas), sendo assim pode-se acontecer diversas situações que impossibilitam a venda ou até mesmo o trabalho com o SQL, resultando na invalidação.

Os principais motivos para a invalidação de um SQL

Os motivos que levam à invalidação são tão diversos quanto aos motivos de perdidos, podendo ter ou não relação direta com a qualificação, alguns motivos comuns, que não tem relação com a qualificação, são:

  • Não conseguir contato com o SQL após a transferência;
  • Mudança de discurso do cliente.

Um exemplo é quando um cliente se deixou levar pelo momento e pelo discurso do SDR e que ao chegar no Sales Rep, altera o posicionamento, dizendo que não está interessado.

Existem também as invalidações que provém de deslizes no processo de qualificação em si, ou seja, tem uma relação direta com o trabalho do SDR. Por exemplo:

  • Cliente não procurava algo que a empresa faz;
  • Não queria ser transferido;

Um caso provável é quando o SDR está tão focado no discurso que criou que esquece de estar atento a necessidade do cliente transferindo um cliente considerado bad fit para a empresa.

No primeiro caso, é preciso notar que nada que o SDR tenha feito ou possa fazer, influência no resultado final, às vezes o cliente simplesmente se deixou levar pelo processo com medo de dizer não, desistiu do produto/serviço, ou até mesmo mudou o discurso de forma que para o SDR informou algo e para o representante de vendas algo totalmente diferente.

Isso não pode afetar o trabalho de um SDR de forma negativa, a invalidação é uma ótima ferramenta de aprendizagem, com ela pode-se aprender a ler o cliente, sentir no tom de voz dele se o mesmo estava de fato interessado ou não.

No segundo, temos mais uma vez algo a ser aprendido, pois nessas situações houveram falhas no processo de qualificação, ou até mesmos pequenos deslizes que podem ser contornados em próximas vezes com leads diferentes.

Está gostando do conteúdo? Então não deixe de assinar a newsletter:

Conclusão

É muito importante ressaltar que a melhoria contínua é muito importante, tendo em mente que a invalidação acontece e que não são um resultado único e exclusivamente de alguém e sim de um processo complexo, consegue-se aprender mais sobre tal processo e com isso evoluir. É um bom treinamento ouvir suas ligações, rever suas qualificações e quais pontos é possível melhorar.

Ficou com alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!